top of page
  • jupautilla

CIRCUNSCREVENDO ROTAS




No artigo "Circunscrevendo rotas: uma reflexão crítica após cinco anos da concepção do espetáculo Gavião de Duas Cabeças", repenso e revejo a encenação da peça, após 5 anos de estreia, imbuída das mudanças radicais do pensamento sobre a produção artística contemporânea e sua importância sociológica na construção de um mundo menos fronteiriço.

Faço esse caminho atravessada pelas questões anticoloniais urgentes que nossa situação política nos impele a ir mais fundo, sobretudo na percepção entre corpo, arte e política.


A pesquisa e escrita desse artigo foi possível através do Edital no 23/2020 - modalidade premiação de pesquisas artístico-culturais / LAB Minas (Lei Aldir Blanc de Minas Gerais). Apoio Ministério do Turismo e Governo do Estado de Minas Gerais. O espetáculo foi estreado em 2016 e ficou em repertório até 2019, e trata de questões que entrelaçam temas indígenas e encenação contemporânea. Acesse aqui o texto completo


Em 2021 foi feito um processo de desconstrução da peça, a convite do projeto #desmontagem, vídeo comissionado pelo Sesc Pompeia, SP, em que fiz direção e roteiro. Você pode assistir aqui

bottom of page